Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Consórcio Brasil Central é apresentado em audiência pública no Senado

Fonte: Portal Rolnews

14/11/2015 15h 08min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Consórcio Brasil Central é apresentado em audiência pública no Senado

Oficialmente instaurado na terça-feira (10), em Brasília, o Consórcio Interestadual do Brasil Central foi apresentado aos senadores um dia depois, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado.

Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins, Estados que compõem o Consórcio, estão na região que mais se desenvolveu nos últimos anos, e também foi a que apresentou a maior redução da taxa de pobreza. Com aproximadamente 10% da população brasileira, o bloco de governadores responde hoje por 11,27% do Produto Interno Bruto (PIB).

O governador de Rondônia, Confúcio Moura, no entanto, demonstrou preocupação com relação aos municípios, e ponderou sobre a necessidade de incluí-los nas discussões do Consórcio. “É preciso dar suporte prioritário aos prefeitos e consolidar uma agenda de serviços com resultados práticos”, disse.

“A figura do consórcio surge nesse momento como uma luz no céu cinzento da política brasileira”, discorreu Confúcio.

Para ele, hoje, ao se abrir qualquer jornal, não se encontra notícias positivas, apenas o noticiário negativo ganha destaque. “Esse consórcio veio como um renascimento, uma espécie de ressurreição política dos governadores, que não são os maiores do Brasil, mas são dos estados produtores de alimentos”.

Confúcio Moura falou que o bloco de governadores não tem um formato separatista, mas quer demonstrar que não está satisfeito. O objetivo, segundo ele, é blindar os estados contra a onda de crise que não tem premissa nenhuma de findar num curto espaço de tempo.  “Nós não podemos ter medo de mudar as leis, não podemos ter medo, de maneira nenhuma, de reformar a Constituição em alguns pontos indispensáveis, como a reforma da Previdência”, afirmou.

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB) destacou os benefícios que poderão ser gerados para a região em virtude da união de interesses do bloco. “A ideia do consórcio é muito vantajosa aos estados que o integram, uma vez que reduz a competitividade entre nós, e nos torna capazes de competir com outros mercados”, concluiu Taques.

Da Assessoria para o Rolnews

 

Entre no grupo do whatsapp Clique aqui para entrar no grupo do Rolnews no Whatsapp.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA

CONTEÚDOS DIVERSOS