Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Zé Jodan apoiará candidato a prefeitura de Rolim

APOIADOS POR ELE NÃO USARÃO UM CENTAVO DO FUNDO ELEITORAL.

Fonte: Da coluna do Jornalista Sergio Pires do site rondonoticias

17/01/2020 22h 07min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Zé Jodan apoiará candidato a prefeitura de Rolim

ZÉ JODAN DIZ QUE CANDIDATOS APOIADOS POR ELE NÃO USARÃO UM CENTAVO DO FUNDO ELEITORAL

 

Silenciosamente, mas de forma ativa, o vice governador Zé Jodan assumiu o Governo interinamente e ficará no comando até o próximo dia 19, nesse domingo. Como no noticiário oficial do Governo não há informações da troca provisória, já que o governador Marcos Rocha tirou uns dias para descansar, sabe-se pouco sobre as atividades de Jodan.

Por isso, a coluna foi atrás do assunto, batendo um longo e agradável papo com ele, no oitavo andar do Palácio Rio Madeira/CPA. Dá gosto de falar com Jodan! Ele é o entusiasmo em pessoa, quando fala em Rondônia e, principalmente, do agronegócio, destacando sempre o pequeno produtor. Conhece o Estado praticamente em todos os quadrantes e vai nas lavouras, inclusive para orientar produtores, que estão enfrentando dificuldades. Conhece tudo da terra e põe a mão nela. Nessa semana, ao visitar uma área no Distrito de São Domingos, não só orientou o dono da terra, como pegou plantas para serem analisadas.

Critica o fato de que há cerca de três anos, 47 mil mudas de cacau foram distribuídas a produtores, mas sem orientação técnica. A terra onde essas sementes foram plantadas é fraca. Logicamente que a lavoura não prosperou. Foi, segundo o cálculo dele, dinheiro – quase 200 mil reais - jogado fora. A partir de agora, pede, não se deve plantar nem cacau e nem café sem preparação correta da terra.

 

Numa conversa de quase 20 minutos, Jodan elogiou o governador Marcos Rocha várias vezes. Disse que ambos estão cada vez mais unidos (“ele é como se fosse meu irmão”, sublinha) e garantiu que sempre estará ao lado do parceiro. Numa eventual busca de reeleição, perguntado, foi claro: só não seria novamente o vice, caso Rocha decidisse por outro nome. Jodan também comentou que vai participar da eleição municipal, apoiando candidato na sua cidade, Rolim de Moura e outras cidades da região, mas com uma garantia:

nenhum deles vai usar um só centavo do Fundo Eleitoral. “Os programas de governo dos nossos candidatos (ele se refere as que serão apoiados por Bolsonaro, Marcos Rocha e ele), caberão numa folha de sulfite. Nada de promessas absurdas”, comentou. Lembrou que Rocha e ele se elegeram sem dinheiro, mas o povo os escolheu, como uma alternativa viável. Disse ainda que gostaria que o atual governo, no final dos quatro anos, entregasse ao sucessor (pode ser a mesma dupla atual), o Estado em muito melhores condições do que recebeu. Criticou, por exemplo, como estavam as estradas. Chamou de mentiroso o orçamento recebido do governo anterior, “com um furo de nada menos do que 430 milhões de reais”. Quer ver o DER muito melhor e denuncia: muitas máquinas do Estado ficaram sucateadas, com dezenas de peças roubadas. “Tudo está sendo investigado e os responsáveis vão responder ao homem da capa preta”, comentou, referindo-se ao juiz que julgará e certamente determinará punições aos que comprovadamente lesaram o Estado. Zé Jodan está governando Rondônia e o faz em parceria com Rocha. A dupla está dando certo. O Estado está melhorando, no geral.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA

CONTEÚDOS DIVERSOS