Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

TITULO JÁ: Prefeitura de Rolim de Moura inicia distribuição de senhas para atender famílias que desejam regularizar lotes urbanos

Proprietários de lotes urbanos que desejam regularizar a documentação deverão procurar a prefeitura

Fonte: ASSESSORIA

13/08/2019 16h 54min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
TITULO JÁ: Prefeitura de Rolim de Moura inicia distribuição de senhas para atender famílias que desejam regularizar lotes urbanos

Inicia nesta quarta-feira, (14/08), a partir das 08 horas da manhã, na prefeitura de Rolim de Moura (RO), a distribuição de senhas para atender as famílias que desejarem participar do programa “Título Já”. Ao todo 1.100 famílias com renda de até cinco salários mínimos, que possuem lotes de até mil metros quadrados (25mx40m, por exemplo), serão beneficiadas com a regularização do lote urbano.

O programa social é realizado pelo Governo do Estado por meio da Superintendência Estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat) em parceria com a Prefeitura de Rolim de Moura, para facilitar a inclusão social e econômica dos moradores que não conseguiriam pagar as taxas e impostos de regularização de seus imóveis.

O cadastro dos imóveis urbanos para a população rolimourense começa nesta quarta-feira e segue pelo período de 60 dias, com previsão de encerramento da atualização e novos cadastros no dia 14 de outubro de 2019. Os atendimentos acontecerão nos períodos matutino e vespertino e deverão ser atendidas em média 20 pessoas por dia.
De acordo com a Secretária Municipal de Administração, Sonia Aparecida Panciere Zandonadi, as senhas serão distribuídas para os proprietários de imóveis já com a data prevista para atendimento e também com o checklist de documentos necessários para participar do programa Título Já. “Essa é a chance de 1.100 moradores regularizarem o seu imóvel, os interessados deverão procurar a prefeitura neste período”, finalizou a Secretária Sonia Zandonadi.



Confira a documentação necessária para o cadastro e garantir o Título Já:
Cópia da carteira de identidade e CPF do requerente e do cônjuge;
Certidão de nascimento – se o requerente for solteiro;
Certidão de Casamento ou Declaração de União Estável – se o requerente for casado;
Comprovante de residência atual (conta de água, energia, telefone ou IPTU);
Atestado de Óbito – Se o interessado for viúvo (a);
Cópia do IPTU do imóvel;
Comprovante de aquisição do imóvel (contrato de compra e venda ou doação);
Declaração de Posse em caso de quebra da cadeia possessória, assinado por duas testemunhas;
Comprovante de renda do requerente e do cônjuge;
Certidão negativa de débitos IPTU.

MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA