Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Sistema “Transcolar Rural” está em fase de implantação em Rondônia

Além de atender as escolas do Estado, o sistema será cedido aos municípios para georreferenciar suas rotas e custos

Fonte: DO DIÁRIO DA AMAZÔNIA

02/06/2022 17h 08min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Sistema “Transcolar Rural” está em fase de implantação em Rondônia
DIVULGAÇÃO

A celebração do acordo de parceria para implantação do sistema “Transcolar Rural” foi realizada entre o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e tem como objetivo o planejamento e gestão do transporte escolar rural, tratando-se de uma ferramenta de geração de rotas e custos para o transporte escolar rural.

A Seduc já tem acesso ao sistema e trabalha na inclusão de informações. Além de atender o Estado, o sistema será cedido sem ônus aos municípios para georreferenciar as rotas e custos do transporte escolar. O projeto tem o objetivo de otimizar o acesso à Educação.

No dia 9 de junho, a adesão será repassada aos municípios cujos representantes deverão ir à Porto Velho. A princípio, os municípios que demostrarem interesse em adquirir o sistema, deverão apresentar uma carta.

O sistema “Transcolar Rural” permite também, mais alternativas de visualização de dados, relatórios de viagens (com várias possibilidades) com a inclusão de custos por rota/viagem, georreferenciamento automático dos estudantes das escolas rurais da Rede Estadual e Municipal de Ensino.

De forma especial, o sistema ainda fornece diversas variáveis de ambiente que podem ser alteradas pelo usuário para obter resultados de diferentes estudos para o município, podendo escolher o que garante melhor conforto e qualidade dentro de seus limites financeiros.

Os responsáveis pelo transporte escolar dos municípios utilizarão o sistema no dia a dia, planejando e estudando alternativas para o transporte.

Ele foi desenvolvido na Escola de Engenharia da UFMG sob a coordenação do Nucletrans, do Departamento de Engenharia de Transportes e Geotecnia, e envolve pesquisadores de diversos departamentos da UFMG.

Entre no grupo do whatsapp Clique aqui para entrar no grupo do Rolnews no Whatsapp.

MAIS NOTÍCIAS DE EDUCAÇÃO

CONTEÚDOS DIVERSOS