Abrir menu mobile
Céu limpo

Rolim de Moura - RO

Max: 36 - Min: 19

Céu limpo

Date e hora atual

22 de Julho de 2024 - 00:00:00

Busque as notícias digitando abaixo

Banner Highlight

PUBLICIDADE

GOV 83291 JULHO PROGRAMA VENCER INTERNA GOV 83369 JULHO QUEIMADAS INTERNA
cultura

Silvio Luiz, ícone da narração esportiva, morre aos 89 anos, vítima de falência de múltiplos órgãos

Fonte: Com informações de Globo Esporte, O Tempo e CNN*
16/05/2024 12h 51min

Notícia

Silvio Luiz, ícone da narração esportiva, morre aos 89 anos, vítima de falência de múltiplos órgãos

Reprodução


Silvio Luiz Peres Machado de Souza, nascido em 1934, na capital paulista, começou a carreira na comunicação com influência da irmã, a ex-atriz Verinha Dercy. Antes de se consolidar como um dos maiores locutores esportivos do Brasil, Silvio Luiz foi árbitro de futebol entre o fim da década de 1960 e início dos anos 1970.

No jornalismo, foi diretor de programação da Rede Record e trabalhou em diversos veículos, como as rádios Bandeirantes, Record, TV Excelsior, SBT, TV Paulista, entre outras. Como narrador, participou de diversas Copas do Mundo e foi uma das principais vozes do esporte brasileiro nas últimas décadas.

Silvio era casado com a cantora Márcia desde 1989 e deixa três filhos: Alexandre, Andréa e André. Ele estava internado no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo, desde o dia 8 de maio. Silvio sofreu um AVC durante a transmissão do jogo Palmeiras x Santos, final do Campeonato Paulista, em abril.

Os bordões criativos de Silvio Luiz ganharam o público e o tornaram famoso. Alguns deles incluem: “Está valendo”, “Acerta o seu daí que eu arredondo o meu daqui”, “Olho no lance, éééé…”, “Confira comigo no replay”, “Pelas barbas do profeta”, “O que eu vou dizer lá em casa?”, “Pelo amor dos meus filhinhos”, “Balançou o capim no fundo do gol”, “Foi, foi, foi, foi ele… o craque da camisa número…”.

PUBLICIDADE

Silvio Luiz, ícone da narração esportiva, morre aos 89 anos, vítima de falência de múltiplos órgãos

O último trabalho de Silvio Luiz na televisão foi na Record, onde comandava uma transmissão alternativa dos jogos do Campeonato Paulista ao lado dos humoristas Carioca e Bola.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. A morte de Silvio Luiz deixa um vazio imenso no mundo do esporte e da comunicação. Ele será lembrado por sua contribuição inestimável ao jornalismo esportivo brasileiro.

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp

PUBLICIDADE

Ícone da categoria Cultura

Outras Notícias - Cultura

As principais notícias da categoria Cultura

O nosso portal utiliza “cookies” e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com os nossos serviços, personalizar publicidade.

Ao utilizar os nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte a nossa Política de Privacidade .