Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Rolim de Moura participa de Assembleia Geral de Instituição da Caferon

Essa é a primeira produção de cafés robustas com indicação geográfica no mundo

Fonte: DORLI SCHIMER/ASSESSORIA

10/05/2019 14h 21min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Rolim de Moura participa de Assembleia Geral de Instituição da Caferon

Rolim de Moura participa de Assembleia Geral de Instituição da Caferon

 

Essa é a primeira produção de cafés robustas com indicação geográfica no mundo

O município de Rolim de Moura (RO), representado pelo secretário municipal de agricultura, Dionísio Pereira Braga (Goiaba), participou na cidade de Cacoal (RO), da assembleia geral de instituição da Caferon (Cafeicultores Associados da Região das Matas de Rondônia). O evento contou com a presença de diversas autoridades, dentre elas o vice-governador do estado, Zé Jodan, secretário de estado da agricultura Evandro Padovani e Aguinaldo José de Lima Representante da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial). Também participaram do evento técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura, Josias Lutdk, Wallisson Milard Pessôa, e o produtor rural Dirceu Pessoa da linha 204, km 12 Sul, representando os cafeicultores do município.

O representante da ABDI orientará a criação do selo de certificação, na denominação geográfica, para o café de Rondônia. Dionísio Pereira Braga explicou que a certificação e indicação geográfica fará com que se tenha um café sustentável, o objetivo está voltado a qualidade, ou seja, os produtores do Estado de Rondônia vão passar de meros produtores de café para produtores que produzem de forma sustentável e dentro dos padrões de qualidade, buscando novos mercados de café, através da produção de um café sustentável com qualidade.  “Será a primeira indicação geográfica de cafés Robustas no Brasil e do Mundo, após a aprovação pelos membros da Caferon da marca Robustas Amazônica, seguirá um processo de registro No INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) no qual será registrado a nossa marca. Teremos a nossa patente e isso agregará muito valor ao produto”.

Fazem parte dessa delimitação geográfica denominada regiões matas de Rondônia, os produtores de café dos municípios de Alta Floresta, Alto Alegre, Alvorado do Oeste, Cacoal, Castanheiras, Espigão do Oeste, Ministro Andreazza, Nova Brasilândia, Novo Horizonte, Primavera de Rondônia, Rolim de Moura, Santa Luzia, São Felipe, São Miguel do Guaporé e Seringueiras.

Esses municípios possuem 10.432 produtores de café, o que equivale aproximadamente 80% da produção de café no estado, e agora com o diferencial de ser um café com indicação geográfica de cafés sustentáveis.

 

MAIS NOTÍCIAS DE AGRONEGÓCIO