Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Rolim:Catadores de Lixo estão passando por dificuldades e pedem socorro na Câmara Municipal

Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

17/02/2016 12h 13min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Rolim:Catadores de Lixo estão passando por dificuldades e pedem socorro na Câmara Municipal

Um documento com praticamente duas laudas dando conta da situação de penúria e de abandono que estão passando os catadores de lixo do município de Rolim de Moura, hoje membros da Cooperativa de Trabalho dos Separadores de Materiais Recicláveis – RECICOP, foi entregue na manhã dessa segunda feira, dia 15 de fevereirio, no Gabinete do Vereador Márcio Mateus – PT, pedindo providências já que a situação tende a piorar.

No documento a Presidente da Recicop pede que o vereador Marcio Mateus os ajude e se necessário for, que seja impetrado uma ação jnto ao Ministério Público para a solução dos problemas. Segundo os catadores, o consórcio que assumiu a coleta de lixo no município não vem cumprindo com as obrigações, especialmente com as promessas junto a equipe, o que vem penalisando a todos os cooperados, haja vista, que anteriormente quando o lixo era depositado no lixão, a renda dos catadores chegavam até 1 mil e 500 reais, agora não passa de 100 reais. Outra promessa do consórcio foi a doação de cestas básicas e, que na verdade só acoanteceu durante um mês e não foi mais repassado, além de que deveria ter sido expandido o programa de coleta reciclável para outros bairros, mas o consórcio não ofereceu condições como havia sido combinado, já que todo estrutura seria oferecida, inclusive no sentido da divulgação, ficando os cooperados restritos somente ao Bairro Cidade Alta.

Para se certificar da real situação, o Vereador Márcio Mateus enviou membros de sua equipe no barracão, onde ficou constatado que o local parece abandonado, sem uma atividade efetiva. “estamos preocupados com a situação desses pais de famílias, são aproximadamente 20 famílias que dependem desta renda, além de que tomamos conhecimento que o consórcio irá para de pagar o aluguem do barracão e do caminhão que é usado na coleta do lixo reciclável, bem como, constatamos a falta dos I.P.Is, e de um uniforme padronizado, por isso estaremos realizando uma ação junto ao Ministério Público para tratar da situaçao do Meio Ambiente devido a situação do recolhimento do lixo em nossa cidade”, disse Márico Mateus, acenando que estará acopanhando todo o desenrolar dessa situação no intuito de que a situação dos catadores seja resolvida.

A Secretária Municipal de Ação social, Izabel Ferreira “Iza”,esteve na manhã dessa quarta feira acompanhando o Vereador Marcio Mateus in loco, e na oportunidade tomou conhecimento da situação dos catadores, ficando decidido que o vereador deverá soliciar da Presidência da Câmara uma audiência pública para discutir o assunto e, a Secretária entrará em contato com outros municípios onde a reciclagem já esteja adiantada, acompanhada da Presidente da Cooperativa dos catadores, com o intuito de implantar no município um modelo parecido que realmente faça o projeto andar.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA