Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Rafael revelou que matou Kimberly porque bancava miss enquanto ela estava com outro

Fonte: Portal Holanda

21/05/2020 19h 53min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
 Rafael revelou que matou Kimberly porque bancava miss enquanto ela estava com outro
Divulgação

Rafael Fernandez que confessou ter matado a Miss Manicoré, Kimberly Mota, 22, revelou em um trecho de seu depoimento que bancava a jovem e que ser revoltou saber que ela já estava em um novo relacionamento.

Ele conta que desbloqueou o celular de Kimberly enquanto ela tomava banho e que ao ver as mensagens, teria surtado e decidiu matá-la, confira:

Amigas e familiares de Kimberly afirmam que ela já tinha encerrado o relacionamento com Rafael, mas o funcionário público não conseguia aceitar o rompimento.

====================================================

Miss não ia para casa de Rafael no dia do assassinato, mas detalhe a fez mudar de rumo

 Em depoimento prestado à polícia civil, Rafael Fernandez, réu confesso do assassinato da sua ex-namorada, a miss Manicoré, Kimberly Mota, falou que a mesma não deveria ter ido para a casa dele no dia em que morreu.

Segundo depoimento, Rafael disse que chegou a pegar Kimberly na casa da amiga e a levou até a casa do tio, onde ela morava. Ao chegar no local, a miss percebeu que havia esquecido a chave de casa e acabou ligando para Rafael, que deu meia-volta com o carro e levou a jovem até o apartamento, onde ela acabou sendo assassinada. 

A conversão de prisão de temporária para preventiva já foi solicitada pela polícia civil. Segundo a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Sequestros (DEHS), Zandra Ribeiro, a policia considera o caso elucidado, mas as diligências em torno do caso continuam.

===================================================

'Preciso encontrar Deus' disse Rafael ao confessar ao pai que matou Kimberly Mota em Manaus

 Em depoimento prestado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, Rafael Fernandez deu detalhes sobre o dia em que sua ex-namorada, a miss Manicoré Kimberly Mota morreu.

Para a polícia, Rafael contou que após esfaquear a ex, ele ligou para o seu pai em São Paulo e disse: "Fiz uma merda e acabei com a minha vida, matei a Kimberly". E que ao ser encorajado a se entregar, ele falou: "não posso ficar aqui, preciso ir pra algum lugar, não posso ficar, eu vou para São Paulo, eu vou pra longe. Preciso encontrar Deus. Eu vou pra Venezuela. O Brasil acabou pra mim. Acabei com a minha vida, com meu diploma". 


 

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE POLICIAL