Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Prefeito e vice voltam aos cargos após suspensão de eleição suplementar, em RO

Fonte: g1.globo.com/ro

06/12/2018 14h 25min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Prefeito e vice voltam aos cargos após suspensão de eleição suplementar, em RO

O prefeito Luiz Ademir Schock (PSDB), e seu vice, Fabrício Melo de Almeida (PSD) de Rolim de Moura (RO), município a pouco mais de 480 quilômetros de Porto Velho, voltaram ao cargo municipal.

O retorno aconteceu na terça-feira (4) após o Tribunal Superior Eleitoral de Rondônia (TSE-RO) suspender a eleição suplementar para prefeito e vice da cidade que aconteceria no próximo domingo (9).

A assessoria de ambos confirmou que eles estão contentes em voltar aos respectivos cargos no executivo municipal, bem como pelo entendimento da Justiça de um equívoco na determinação de cassar os diplomas. Eles ficaram dois meses afastados.

Luiz Ademir e Fabrício Melo tiveram os diplomas cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por supostamente terem usado recursos de pessoas jurídicas, de forma direta e indireta, na campanha eleitoral de 2016.

São acusados também por captação ilícita de recurso para fins eleitorais e “caixa dois”. Os dois recorrem da decisão.

O TRE havia marcado eleições suplementares para o próximo domingo. Porém, com a decisão do ministro Jorge Mussi, o pleito foi suspenso até o julgamento do recurso especial.

No documento, Jorge Mussi alega que o TRE não examinou o laudo pericial da prestação de contas da prefeitura. Aponta ainda que a emissão dos cheques não caracteriza "gravidade ou repercussão eleitoral", já que houve apenas a troca deles e não o recebimento. Pontua também omissão por parte do TRE sobre as despesas da campanha, que foram quitadas.

 

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA