Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Palmeiras amplia liderança de títulos nacionais com o tetracampeonato da Copa do Brasil

Fonte: DA ASSESSORIA PARA O ROLNEWS

19/03/2021 14h 08min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Palmeiras amplia liderança de títulos nacionais com o tetracampeonato da Copa do Brasil
DIVULGAÇÃO

O torcedor palmeirense está em festa. Depois de uma temporada muito complicada, o clube conseguiu superar todas as adversidades e entrou para a história com as conquistas do Campeonato Paulista, Copa Libertadores da América e Copa do Brasil.

A última vez em que o Palmeiras conseguiu vencer a tríplice coroa tinha sido em 1993, quando levantou as taças do Torneio Rio-São Paulo, Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro.

Naquela época, o verdão era recheado de jogadores de peso como Roberto Carlos, Cesar Sampaio, Zinho, Edmundo, Evair, dentre tantos outros craques. Exatos 27 anos depois, o alviverde repete o feito, mas dessa vez com uma equipe dominada por garotos, como Wesley, Danilo, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Gabriel Veron, dentre outros.

E saiu exatamente dos pés de duas crias da academia os gols que sacramentaram a conquista do tetracampeonato da Copa do Brasil. Com mais esse troféu, o Palmeiras disparou na liderança como o maior campeão nacional, agora com 15 títulos, dois a mais que o Flamengo, segundo colocado da lista.

Palmeiras amplia liderança de títulos nacionais com o tetracampeonato da Copa do Brasil

 

É tetra!

O Palmeiras aparecia como o grande favorito para vencer a Copa do Brasil nos principais sites de casas de apostas online como Betway, já que havia ganhado o primeiro jogo por 1 a 0, na Arena do Grêmio, e levava a vantagem do empate para a grande decisão que seria disputada em casa, no Allianz Parque.

Além disso, o histórico do verdão no torneio também era muito favorável. Para se ter uma ideia, o alviverde nunca perdeu uma disputa de mata-mata depois de vencer o primeiro confronto fora de casa, fato que complicava ainda mais a vida dos gaúchos na busca pelo título.

E como se não fosse o suficiente, as estatísticas da edição de 2020 também jogavam a favor dos paulistas. O Palmeiras jamais tinha passado um jogo em branco e também estava invicto na competição.

Mas, como todo mundo sabe, o futebol não é uma lógica exata e, muitas vezes, a justiça em campo não se reflete no resultado final do jogo. Entretanto, dessa vez, sagrou-se campeão o time que estava mais bem preparado e que mostrou uma grande superioridade perante aos adversários durante toda a temporada.

Em uma partida que começou com muita pressão dos gremistas, os palmeirenses logo acordaram e colocaram seu estilo de jogo com maestria. Precisando dos gols, o time do Renato Gaúcho se jogava para frente e sofria com os contra-ataques do plantel de Abel Ferreira.

E foi em duas dessas transições rápidas que Wesley, depois de uma linda jogada de Raphael Veiga, e Gabriel Menino, após grande assistência de William, marcaram os gols que decretaram o tetracampeonato do Palmeiras.

Com a taça na mão, o verdão reafirmou sua hegemonia nacional e também se vingou da dolorida eliminação para o Grêmio no duelo em que abriu as quartas de final da Libertadores de 2019. O título também colocou Abel Ferreira na história da Copa do Brasil, que se tornou o primeiro técnico estrangeiro a vencer a competição.

Premiação milionária

De uns anos para cá, a Copa do Brasil vem se tornando cada vez mais cobiçada pelos clubes brasileiros. Além de ser considerado o caminho mais curto para a Libertadores, o torneio também possui uma premiação de dar inveja.

Em comunicado oficial, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) notificou os valores da edição de 2021, que permanecem praticamente iguais aos de 2020, totalizando um montante de cerca de R$ 73 milhões ao time vencedor.

A CBF também divulgou o Regulamento Específico da Competição (REC) com uma mudança importante no formato deste ano. Agora, a jornada para se tornar um milionário está um pouco mais curta, já que houve a redução de uma fase do nacional.

Quem tem mais tem 15

Se por um lado os torcedores rivais não perdoam o Palmeiras pela falta de um troféu do Mundial de Clubes na galeria, os alviverdes podem dizer de boca aberta que, além do título de 1951, que até hoje gera discussões se é ou não é um Mundial, são os maiores campeões do Brasil.

Veja todos os títulos nacionais do verdão.

Campeonatos Brasileiros (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018).

Copa dos Campeões (2000).

Copa do Brasil (1998, 2012, 2015 e 2020).

 

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE ESPORTE

CONTEÚDOS DIVERSOS