Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

NOTA DE PESAR: Falecimento do Padre Zenildo Gomes da Silva

Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

25/01/2016 10h 20min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
NOTA DE PESAR: Falecimento do Padre Zenildo Gomes da Silva

O deputado estadual Hermínio Coelho (PSD), emitiu nesta data, Nota de Pesar, pelo falecimento do ilustre professor e padre Zenildo Gomes da Silva, e que por muitos anos deu sua contribuição no magistério superior, principalmente na formação de professores, bem como, no seu trabalho missionário de evangelização.

De acordo com o deputado Hermínio Coelho, o padre Zenildo foi o responsável pela formação de várias gerações de professores, tendo inclusive atuado em cursos a nível de pós-graduação. Ele sempre soube conciliar a missão religiosa com a sua atuação profissional como professor, e por isto é muito querido e respeitado por alunos, professores, e pelos religiosos.

“Mesmo com idade avançada, ele continuou na ativa. Padre Zenildo foi um missionário do bem. E devido a todas estas virtudes e qualidades, é que ele foi agraciado em 2013 com o título de cidadão honorário do Estado de Rondônia, em acatamento a projeto de minha autoria”, disse o deputado. Através do Gabinete da 2ª Vice-Presidência da Assembleia Legislativa foi emitida a seguinte Nota de Pesar:

“Lamento profundamente o falecimento do Padre Zenildo Gomes da Silva e expresso minhas condolências a familiares, a Igreja Católica e a comunidade acadêmica. Estou consternado com o falecimento do Padre Zenildo que por décadas esteve atuando no magistério superior, notadamente junto a Universidade Federal de Rondônia, além do seu notável trabalho missionário na Igreja Católica em Porto Velho. Que Deus conforte a família e amigos nesse momento tão difícil e de profunda dor. Em nosso meio fica o exemplo de vida desse grande missionário. Deputado Hermínio Coelho/ 2º Vice-Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia”.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA