Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Michel Temer defende em Rondônia necessidade de se 'reunificar' o país

Vice-presidente visitou diretório do PMDB e inaugurou laboratório público.

Fonte: Do G1 RO

19/02/2016 19h 45min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Michel Temer defende em Rondônia necessidade de se

O vice-presidente da República, Michel Temer, defendeu nesta sexta-feira (19) durante visita a Porto Velho, a necessidade de se "reunificar" o país e afirmou que "não haverá distância" para o PMDB chegar ao poder em 2018.

Temer seguiu para a inauguração do Laboratório Estadual de Patologia e Análises (Lepac). A solenidade também teve a participação do governador Confúcio Moura (PMDB). Depois da cerimônia, o vice se dirigiu para o Diretório Regional do PMDB em Porto Velho.

Questionado se vai se candidatar a presidente pelo PMDB na próxima eleição, afirmou: "Não haverá distância para o PMDB chegar à Presidência. Nós precisamos reunificar o país", disse.

Segundo Temer, as ações do partido para a campanha eleitoral de 2018 precisam começar imediatamente. "Até lá nós vamos assegurar a governabilidade. Não tenham dúvida disso", declarou.

Sobre a ação que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para impugnar os mandatos dele e da presidente Dilma Roussef, Temer disse ter apresentado defesa e razões "convincentes".

"Isso é uma decisão que o TSE vai examinar. Eu apresentei minha defesa e razões que ao meu ver são convincentes no sentido que se deve manter integra a chapa que foi eleita no ano passado", disse.

Exames médicos
Sobre o laboratório inaugurado nesta sexta, o governador Confúcio Moura destacou que a unidade é altamente especializada e poderá fazer 156 tipos diferentes de exames, para todas as especialidades médicas.

"O tempo entre a coleta e o resultado do exame será de quatro horas. Pode chegar exames de sangue, de urina que tudo será feito", diz.

Segundo o governador, os exames feitos na Lepac serão 30% mais baratos do que a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS).

"Se o exame fosse R$ 100, aqui só paga R$ 70", afirma. Utilizando equipamentos de última geração, o laboratório terá capacidade para fazer 2 mil exames por hora.

Segundo o bioquímico do laboratório, Deomar Saldanha, o laboratório de Porto Velho é inédito na região Norte.

Texto:Jonatas Boni e Mary Porfiro

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA