Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Mais de 50 foram presos por embriaguez ao volante durante o Carnaval

Fonte: DO RONDONIAGORA

26/02/2020 18h 35min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Mais de 50 foram presos por embriaguez ao volante durante o Carnaval

Mais de 50 motoristas foram presos por embriaguez no volante durante as fiscalizações durante o Carnaval, realizadas pela Polícia Militar e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em todo o Estado. A Operação Lei Seca, começou na última sexta-feira (21) e terminou na madrugada desta quarta-feira (26).

No total, foram realizadas 18 blitzes em Porto Velho, Cacoal, Rolim de Moura, Vilhena, Jaru e Ariquemes. A maioria das blitzes se concentraram na Capital.

Durante as abordagens, foram realizados 1.411 testes do bafômetro, sendo que 1.327 apresentaram resultado negativo. Dos 87 testes do etilômetro que apresentaram resultado positivo, 55 configuraram como crime de embriaguez, em todo o Estado.

Em Porto Velho, foram realizadas nove blitzes em pontos estratégicos da cidade, onde foram abordados 573 veículos. Dos 560 testes do bafômetro realizados, 507 deram negativo e 53 positivo, sendo que 28 configuraram crime de embriaguez, resultando não prisão dos condutores.

O número de autuações chegou a 486, documentos recolhidos 147, veículos recolhidos 105 e 1.437 abordagens em todo o Estado.

Ao ser presa, a pessoa dirigindo embriagada só será liberada após pagamento de fiança de pelo menos um salário mínimo. A multa administrativa para quem for flagrado é uma infração gravíssima, de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses, retenção do veículo até a apresentação de outro condutor habilitado. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa dobra.

Com a alteração da lei nº 9.503, de 1997, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), há previsão de uma pena maior de prisão para os motoristas que causam acidentes graves ou fatais.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE POLICIAL