Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Mais de 50 adolescentes do Sistema Socioeducativo de Rondônia irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio

Fonte: DA ASSESSORIA PARA O ROLNEWS

07/01/2022 20h 25min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Telegram
Mais de 50 adolescentes do Sistema Socioeducativo de Rondônia irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio

Em Rondônia, 55 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease) prestarão Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 9 e 16 de janeiro. A atividade está vinculada às ações do Governo de Rondônia em prol da garantia da educação e de normas para a ressocialização de socioeducandos.

O Estado terá nove unidades socioeducativas subordinadas à Fease, que participarão do exame. Esta edição do Enem, que é coordenada pelo Governo Federal, será direcionada exclusivamente para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), e ocorrerá simultaneamente em 26 estados e no Distrito Federal.

Segundo a coordenação, o formato da aplicabilidade do exame seguirá o mesmo modelo do Enem 2021 regular. No primeiro dia os adolescentes farão prova nas áreas de Conhecimento de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias; e no segundo dia, será a vez de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

O presidente da Fease, Antônio Francisco Gomes Silva, ressalta que viabilizar o acesso à Educação para socieducandos vai além da transmissão de conhecimentos teóricos, possibilitando contribuir para a formação dos adolescentes e a ressignificação do convívio social. “Acreditamos que a educação é uma ferramenta poderosa para mudar a vida do ser humano, pois como os adolescentes estão nesse processo de desenvolvimento, o Enem PPL garantirá o direito pleno ao cumprimento de uma medida socioeducativa”.

Segundo a assessora pedagógica da Fundação, Katiana Nunes de Araújo, o Governo do Estado tem como foco e política, a inclusão de implementos necessários para os socioeducandos. “O Exame Nacional do Ensino Médio é um direito destes adolescentes, que devem abraçar esse caminho como uma oportunidade. Temos a convicção que a educação transforma e é a única via para a liberação de práticas ilegais”, acrescenta.

ENEM PPL

Conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ao todo, serão mais de 54.200 pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativas que participarão desta edição do Enem PPL em todo o Brasil. Em Rondônia, as provas serão realizadas nas instalações das unidades socioeducativas, sendo respeitados os protocolos sanitários com objetivo de evitar a disseminação da covid-19.

Entre no grupo do whatsapp Clique aqui para entrar no grupo do Rolnews no Whatsapp.

MAIS NOTÍCIAS DE EDUCAÇÃO

CONTEÚDOS DIVERSOS