Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Jean Oliveira quer Coordenadorias Regionais de Educação I e II isonômicas

Fonte: Assessoria de Comunicação – Dep. Jean Oliveira

20/02/2020 18h 43min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Jean Oliveira quer Coordenadorias Regionais de Educação I e II isonômicas
Foto: Divulgação

O deputado Jean Oliveira solicitou ao secretário de Estado da Educação, Suamy Vivecananda, isonomia entre as Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) I e II.  O parlamentar explica que a CRE II que às vezes tem, sob gerência, menor quantidade de escolas, tem um grau e uma complexidade de ensino e de gestão muito maior que uma CRE I, isso devido, distâncias, educação indígena, falta de mediação tecnológica, etc.

Acontece que existe uma disparidade de remuneração entre os profissionais gestores das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) I e II.  Os profissionais da CRE II recebe muito menos, prestando um serviço igual ou até mais sacrificado às vezes. Isso devido o que estabelece a lei que dispõe sobre as Coordenadorias Regionais de Educação I e II – CRE, que determinou dois tipos de coordenadorias com remunerações diferentes para os gestores.

A proposta que o deputado Jean Oliveira levou ao secretário de Estado da Educação, e que foi acatada, é que a lei que dispõe sobre as Coordenadorias Regionais de Educação I e II – CRE seja revista, ou seja, modificada, deixando as duas coordenadorias isonômicas, ou seja, os técnicos e professores, que realizam esse trabalho estratégicos, tanto na I como na II, tenham remunerações iguais.

“Nossa solicitação teve sinal verde do secretário Suamy Vivecananda e estamos esperando na Assembleia, pela Seduc, a chegada da proposta da mudança da lei, para que o Legislativo vote de forma positiva, essa proposta que acredito ser devidamente justa com esses profissionais da educação”, disse o deputado.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA