Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Internacional: Novo carro da Lamborghini é tão potente que não deve circular em vias públicas

Fonte: CNN

01/08/2020 10h 27min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Internacional: Novo carro da Lamborghini é tão potente que não deve circular em vias públicas
Foto: Lamborghini/Divulagação

A Lamborghini acaba de lançar um novo supercarro, conhecido como o Essenza SCV12, de 818 cavalos, mas os donos não poderão circular com ele nas vias públicas em nenhum lugar do mundo. É por isso que, ao comprar um, o cliente recebe da Lamborghini a recomendação de que o guarde em uma garagem especial na sede da empresa na Itália.

Os proprietários terão acesso a um canal seguro de webcam para que possam olhar para o carro sempre que quiserem. Se quiserem dirigir o carro, a Lamborghini providenciará o transporte para quase todas as pistas de corrida do mundo e ali o carro poderá rodar.

A Lamborghini também fornecerá um piloto profissional de corrida para dar treinamento sobre como obter o máximo em velocidade e diversão de seu supercarro V12. Eventos especiais ao longo do ano serão realizados para permitir que os proprietários do Essenza SCV12 se reúnam e desfrutem de seus carros como um grupo.

Apenas 40 dos carros serão produzidos. De acordo com o engenheiro chefe da Lamborghini, Maurizio Reggiani, os clientes já assinaram contratos para a maioria deles, mas alguns permanecem disponíveis.

A Lamborghini não estabeleceu um preço para o Essenza SCV12, mas Reggiani disse que ele será semelhante aos outros modelos de edição limitada da empresa, como o Lamborghini Centenario e o Sián, vendidos por US$ 1,9 milhão e mais de US$ 2 milhões, respectivamente.

“Este carro é como um passaporte especial para o mundo mais exclusivo da Lamborghini”, opinou o engenheiro.

O Essenza SCV12 possui o mais poderoso motor V12 da montadora italiana já produzido. O motor de 6,3 litros é “aspirado naturalmente”, o que significa que não possui turbos ou um supercharger, dispositivos mecânicos que forçam o ar para dentro do motor para aumentar a potência.

Mesmo assim, produzirá mais de 818 cavalos de potência segundo a empresa. Reggiani afirmou que compressores mecânicos de ar como esses não teriam proporcionado o tipo de som e desempenho que os clientes esperam da Lamborghini.

O SCV12 possui uma tomada de ar que, em alta velocidade, produz o mesmo efeito de um supercharger. A pá voltada para a frente alimenta o ar diretamente para o motor; assim, à medida que o carro anda mais rápido, o ar é empurrado para o motor a uma pressão cada vez maior, permitindo mais potência.

O Essenza SCV12 tem tração traseira, ao contrário da maioria dos Lamborghinis, que são de tração AWD (tração integral). Com seis velocidades, a nova transmissão é controlada no volante, um comando que será usado em outros futuros carros da Lamborghini. Para tornar a máquina o mais leve e compacta possível, a transmissão é integrada à estrutura do carro, com a suspensão traseira do SCV12 montada diretamente na caixa de câmbio.

O SCV12 não foi projetado para cumprir as regras de segurança rodoviária de qualquer país, e sim para cumprir os regulamentos da FIA (Federação Internacional do Automóvel), instituição que supervisiona várias corridas de automóveis em todo o mundo, incluindo a Fórmula 1 e o World Endurance Championship, cujo ápice são as 24 horas de Le Mans.

Como um verdadeiro carro de corrida, o SCV12 é projetado para que qualquer uma das três seções principais que compõem o corpo do carro possa ser rapidamente substituída durante uma parada no pit stop. Como o carro pode ser pintado na cor que o cliente desejar, a Lamborghini está disponibilizando-o em um esquema especial de pintura inspirada nas corridas, incluindo logotipos dos patrocinadores. O volante retangular do carro, com uma tela embutida, é inspirado no volante dos carros de Fórmula 1.

O “SC” em “SCV12” significa Squadra Corse, ou “equipe de corrida” em italiano, que também é o nome do departamento de automobilismo da Lamborghini, criado em 2014. Ferruccio Lamborghini, que fundou a empresa em 1963, não queria que sua empresa participasse de corridas, preferindo que a marca se concentrasse em fabricar carros exclusivamente para uso na estrada, diferentemente da Ferrari.

O italiano vendeu a empresa com seu sobrenome em 1972. Atualmente de propriedade da Volkswagen, os carros Lamborghini competem em várias corridas de carros esportivos, inclusive em Le Mans e no Super Trofeo, uma série de corridas apenas para Lamborghini Huracáns.

A Squadra Corse da Lamborghini cuidará da nova linha de carros e administrará seu transporte até as pistas, ajudando também os donos a aprender a dirigi-los. Em resumo, os proprietários dos SCV12 serão tratados como se fossem pilotos profissionais, exceto que não estarão competindo.

A Lamborghini agendará cinco eventos de pista por ano durante os primeiros três anos para os proprietários de SCV12. Um deles não terá custo extra para os donos, mas eles terão de pagar para participar dos outros quatro eventos, bem como pelas visitas adicionais às pistas que quiserem fazer.

Essa nova experiência de propriedade da Lamborghini é semelhante ao programa Corse Cliente XX da Ferrari. No programa da Ferrari, que começou com a edição limitada da Ferrari FXX em 2005, os proprietários de carros especiais podem participar de sessões de condução e teste com os engenheiros da Ferrari.

Esses modelos, que também só podem ser rodar em pistas, são usados ainda para testar tecnologias que podem aparecer em modelos Ferrari mais acessíveis no futuro, o mesmo que está fazendo a Lamborghini com a transmissão do Essenza SCV12.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE GERAL

CONTEÚDOS DIVERSOS