Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Governo de Rondônia alerta sobre os cuidados com a hanseníase

Fonte: JORNAL INFORONDONIA

06/07/2020 19h 00min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Governo de Rondônia alerta sobre os cuidados com a hanseníase
Reprodução

Nesta terça-feira, 07 de julho é comemorado em Rondônia, o Dia Estadual de Mobilização para o Controle da Hanseníase e o Governo, por meio Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), vem intensificando as ações de mobilização e diagnóstico para combate e controle da Hanseníase em todo Estado.


A Gerente Regional de Saúde de Rolim de Moura, Nerdilei Aparecida Pereira, pontua que a hanseníase é um grave problema de saúde pública no Brasil e no Estado de Rondônia. “O dia 07 de julho é um alerta e combate estadual à doença, onde os serviços de saúde realizam ações para informar a população sobre os cuidados, formas de contágio e tratamento.

Vale ressaltar que o mês de janeiro, consolidou a cor roxa para campanhas educativas sobre a hanseníase, o chamado “Janeiro Roxo”. O governador, Coronel Marcos Rocha, tem essa preocupação com a saúde dos rondonienses, mesmo em época de pandemia, os trabalhos seguem em ritmo firme ao combate de outras enfermidades”, disse.

Governo de Rondônia alerta sobre os cuidados com a hanseníase


SOBRE A HANSENÍASE


A Hanseníase (Lepra) é uma doença crônica, transmissível que evolui de forma lenta. Os principais sintomas são: Manchas esbranquiçadas (hipocrômicas) ou eritematosas, lesões infiltradas e avermelhadas, diminuição ou perda de sensibilidade (a pessoa pode sentir formigamentos e/ou choques e/ou câimbras que evoluem para dormência - se queima ou machuca sem perceber);


Infiltrações e nódulos principalmente na face e pavilhões auricular, diminuição ou queda de pelos, localizada ou difusa, especialmente sobrancelhas e cílios; Falta ou ausência de sudorese no local da mancha, pele e olhos ressecados, obstrução nasal, dentre outros.


A Hanseníase pode aparecer até 20 anos depois do contágio, apesar de preocupante, a Hanseníase tem cura e o tratamento é oferecido gratuitamente pela rede pública.

 

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE GERAL

CONTEÚDOS DIVERSOS