Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Fórum 'Negras em Movimento' debate igualdade racial em Cacoal

Evento faz parte das comemorações ao Dia da Consciência Negra.

Fonte: G1RO

18/11/2016 10h 40min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Fórum

Um encontro promoveu diversas palestras sobre as questões raciais e a etnia negra, nesta quinta-feira (17), em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. Chamado de Fórum 'Negras em Movimento', o evento foi promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e faz parte das comemorações ao Dia da Consciência Negra, no próximo dia 20 de novembro. O evento também comemorou os dos 10 anos de criação da Lei Maria da Penha.

De acordo com a Presidente do CMDM, Maria da Penha Menezes, o objetivo é orientar e sensibilizar a população sobre políticas voltadas a igualdade racial em liderança e educação, enfrentamento ao racismo e todas as formas de discriminação.

Um dos temas discutidos durante o Fórum foi a questão da inclusão das mulheres negras no mercado de trabalho. Segundo o palestrante Silvano Simão, ainda há muita discriminação em relação à mulher no mercado de trabalho e é ainda maior quando ela é negra.

"Sabemos que há essa discriminação em relação à mulher e quando você leva isso à população negra economicamente ativa a diferença é ainda mais gritante. É preciso acabar com essas distorções e garantir a igualdade de oportunidades", afirma Simão.

Outro tema de grande relevância é a respeito da ‘Década Internacional de Afrodescentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento 2015-2024 e o papel da mulher negra neste cenário’.
Segundo a presidente do Conselho, o movimento da mulher negra vai além das reivindicações das necessidades das mulheres de um modo geral, por conta das especificidades da raça negra como saúde, educação, trabalho e remuneração.

"É preciso todo esse movimento para estar trazendo alguns olhares, assim como a questão da educação, do trabalho. Existem pesquisas e estudos que comprovam que a diferença é grande", explica.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE CULTURA