Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

DE PEDAÇO À PEDAÇO, ENGOLIREMOS A PIZZA INTEIRA

Ações políticas travadas, sistema político estagnado, Comércio desassistido, a situação só tende a piorar.

Fonte: Do Rolnews

16/12/2015 11h 58min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
DE PEDAÇO À PEDAÇO, ENGOLIREMOS A PIZZA INTEIRA

Sou rolimourense, moro aqui desde que nasci há 27 anos, sou abençoado com boa compilação social e sem precedentes que me fizessem imaginar ser cidadão de outra comarca. Faço parte da famosa ‘classe C’ cuja nomenclatura não sabemos quem equaciona os critérios para expelir o gráfico. A famosa ‘classe C’ que luta, batalha, trabalha muito, para ter uma casa própria, um carro e dignidade, trabalha muito pra conseguir pagar os quase 50% de impostos de um carro popular, que desculpe a ignorância, mas não faço ideia de qual população é essa que encaixa esse sinônimo de popular a um carro, uma classe que luta muito, porque só com muita luta para conseguir servir a exploração imobiliária com essas especulações de linha de crédito, promocionadas pelo governo, e batalhas e batalhas diárias na busca de dignidade, viver com dignidade, respeito e o mínimo previsto em lei pra nosso convívio em sociedade. Agora será quem que está preocupado com essa classe da população? Será quem que assistem essas pessoas o que elas precisam, como precisam, o que necessitam e porquê? Será quem? De 02 em 02 anos vamos as urnas obrigatoriamente eleger alguém que achamos que fará essa busca e nos amplificará de alguma forma a ser assistidos por programas que funcionem e que nos traga não só uma nomenclatura social.

Em Rolim, temos 12 homens brigando entre si, com objetivos em comum: politicagem, exibicionismo, mídia. Na minha opinião nenhum consegue suprir nossas necessidades hoje, o planejamento agora é à longo prazo, não será nessa gestão, nem na próxima que os problemas de Rolim de Moura serão resolvidos, acontece que hoje ninguém quer deixar o caminho livre pra outro ter notoriedade quando o resultado chegar, contudo ninguém faz nada que não seja rápido para dar tempo de aparecer na foto inaugural, nenhum legislador tem tesão em tocar um projeto ou plano fomentais que não torne-os visíveis a frente do feito ou auto promocionados. Pedidos de Impedimento, cassação, embargos, denúncias, proliferam por toda a cidade e região o tamanho da desordem que está nossa máquina hoje, nossa situação é motivo de piada em redes sociais, porque esse desperdício todo de energia saem dos que pusemos lá para trabalhar e pensar para nós, eu digo desperdício porque nenhuma dessas ações tem êxito, são todas mal elaboradas sem efetividade real, a impressão que temos é de estar em um rodízio de pizza que a cada momento chega um novo pedaço pra engolirmos, me preocupo porque é corriqueiro após vários pedaços chegarem as instaláveis, amargas, apimentadas, de difícil digestão, e depois reclamarmos somente, pois havia uma opção de não receber esses pedaços intragáveis com um “simples” gesto, mas preferimos usufruir de todo o procedimento até o final.

Não só o poder legislativo e Executivo que nos traz indignações em nossa cidade, entidades cujo objetivo é beneficiar e melhorar condições de negócios no comércio rolimourense, também está em decline para com seu objetivo, ditando como se fosse a própria empresa privada, controlando o que cada empresário deve fazer e agir, por ser um associado da instituição, mas será que quem detêm dessa portaria está também se importando com a sobrevivência e crescimento dos mesmos? A política afeta e o sistema destroem qualquer plano bem feito para a população ou associação importante, o poder para muitos muda sua forma de agir, pensar e realizar, tornando totalmente unilateral o que promove.

Ações políticas travadas, sistema político estagnado, Comércio desassistido, funcionários públicos e privados desamparados, a situação só tende a piorar caso o EGGO não seja revisto, e essas pessoas tão importante para nós, não iniciem ações efetivas e faturáveis para a população que está abandonada, e aos provedores de consumo, que está numa queda dramática este ano, dissipando a falta de expectativa econômica e de futuro. As brigas por poder, só iram trazer a população indignação quando findar o ano e olharmos para traz e pensar o que fizemos, o que passamos e o que faremos?

Entre no grupo do whatsapp Clique aqui para entrar no grupo do Rolnews no Whatsapp.

MAIS NOTÍCIAS DE POLÍTICA

CONTEÚDOS DIVERSOS