Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Conheça Cascavel, cidade paranaense que foi símbolo da colonização agrícola de Rondônia na década de 1980

Saída de paranaenses foi registrada pela revista Veja

Fonte: Folha do Sul

11/02/2020 16h 58min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Conheça Cascavel, cidade paranaense que foi símbolo da colonização agrícola de Rondônia na década de 1980
Divulgação

“Na hora do crepúsculo, dezenas de famílias carregando magras mudanças e um sonho comum invadem a estação rodoviária de Cascavel, a 500 quilômetros de Curitiba. Enquanto comem pedaços de queijo crioulo, os homens permanecem atentos ao fanhoso sistema de alto-falantes que logo vai chamá-los para a viagem rumo ao eldorado dos anos 80: o território de Rondônia”.

O trecho acima começava uma reportagem da revista Veja, publicada no dia 24 de agosto de 1980.

A reportagem falava sobre o impulso de colonização do então território – mais tarde Estado – de Rondônia.

Com esta referencia numa revista de circulação nacional a Cascavel, a cidade paranaense se tornou símbolo do ponto de partida da colonização agrícola das terras rondonienses.

Atualmente, mais de de 40 anos depois, Cascavel é um centro econômico do Paraná. A cidade é palco do Show Rural Coopavel, um centro universitário, incluindo a FAG, faculdade de propriedade do pai do senador Acir Gurgacz, o empresário Assis Gurgacz.

Na atualidade, Cascavel tem mais de 300 mil habitantes. Presente na cidade na semana passada, o FOLHA DO SUL ONLINE pôde notar duas realidades.

A primeira é o carinho que o cascavelense tem por Rondônia, sempre com uma expressão que mistura admiração e curiosidade, concluindo com as mágicas palavras: “Eu conheço uma família que foi pra lá”.

Já a segunda realidade é que a questão fundiária na região de Cascavel ajuda a explicar os motivos para muitos pequenos agricultores saírem de lá e viram para Rondônia. Lá, o alqueire de terra passa de R$ 220.000,00. Em Rondônia, nos melhores lugares não passam de R$ 70.000,00.

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE CULTURA