Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Colisão entre carros deixa uma pessoa morta e 4 feridos na BR-364 em RO

Fonte: g1.globo.com/ro

11/01/2019 00h 40min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Colisão entre carros deixa uma pessoa morta e 4 feridos na BR-364 em RO

Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas após uma colisão entre dois carros, na BR-364, altura de Pimenta Bueno (RO). O acidente aconteceu por volta das 6h50 da última quinta-feira (10).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima que morreu é irmã do ex-prefeito de Ji-Paraná (RO), município a pouco mais de 370 quilômetros de Porto Velho, Leonirto Rodrigues, conhecido como "Nico". Ele também estava no veículo junto com a esposa e a filha, que seguem internados.

Conforme a PRF, a colisão ocorreu no Km 219, da BR-364, perto de Pimenta Bueno (RO). Por volta das 6h50, um veículo tentou fazer uma ultrapassagem, mas não conseguiu. Ao tentar retornar para a pista de origem, o carro aquaplanou e parou na via contrária.

Colisão aconteceu após veículo tentar ultrapassar pista contrária e aquaplanar na via.  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Colisão aconteceu após veículo tentar ultrapassar pista contrária e aquaplanar na via. — Foto: Reprodução/WhatsApp

Nesse momento, o veículo que estava a irmã do ex-prefeito de Ji-Paraná colidiu de frente com o automóvel parado na pista. Como consequência, uma das vítimas morreu ainda no local do acidente e as outras quatro ficaram feridas, duas delas gravemente.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada e prestou socorro aos envolvidos na colisão. Ainda de acordo com a PRF, o estado clínico das vítimas sobreviventes é estavel.

Os policiais rodoviários que atenderam o chamado precisaram fechar parcialmente uma das vias de acesso. O local ficou interditado em um dos lados até por volta das 8h50.

Via precisou ser parcialmente interditada por duas horas para atendimento.  — Foto: Reprodução/WhatsApp

Via precisou ser parcialmente interditada por duas horas para atendimento. — Foto: Reprodução/WhatsApp

 

 

MAIS NOTÍCIAS DE POLICIAL