Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Artigo: Final do ano letivo e o retorno as aulas, pós-pandemia

Fonte: VALDINEIA ALVES MARTINS

21/10/2020 17h 47min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Artigo: Final do ano letivo e o retorno as aulas, pós-pandemia
DIVULGAÇÃO

 

Desde já se precisa analisar como serão o retorno às aulas após um inesperado acontecimento que assolou o mundo. O ano letivo está sendo atípico em todo planeta. Sabe-se que os alunos da educação básica no Brasil certamente nunca viveram uma situação como esta.

Contudo, é importante que todos estejam preparados para o retorno as aulas em 2021, pois é Inegável as perdas educacionais, todos alunos, professores e familiares tiveram que reaprender a viver uma nova situação.

Estudos e trabalho a distância, perdas no conhecimento básico, contudo trouxe uma nova reflexão: E depois, como será?

É Comum que todos se sintam inseguros e até mesmo preocupados por ter o seu planejamento interrompido, diferente do início do ano letivo, em que o clima é de expectativa pelo novo, pelo reencontro, pelo uso de novos materiais escolares, as crianças e adolescentes revendo seus amigos e imaginando um ano de festa.

O retorno às aulas, pós-Covid-19, será hora de retomar algo que inesperadamente se perdeu. O ano letivo foi interrompido por uma situação nada comum, e todos precisam estar preparados para um retorno diferente também.

A equipe pedagógica precisa estar ciente de que nossos jovens não estiveram em período de férias. Foi muito mais sério que isso. Pode ser que alguma criança tenha vivido a perda de um ente querido, pode ser que tenha convivido com alguém em crise psicológica, em depressão ou até mesmo com pânico. Sendo assim, é importante que haja um planejamento sensível, com capacidade de escutar e entender a clientela da escola.

A família se torna mais fundamental ainda neste retorno, sabendo que Houve transformações profundas na relação entre escola e família, uma vez que a sala de aula passou a invadir os lares por meio do ensino remoto.

Antes da pandemia, a escola não estava dentro de casa, os pais precisavam ir até a escola para obter informações de seus filhos, mas, com a interrupção das atividades presenciais, os professores passaram a frequentar a casa das crianças por meio virtual.

O fato é que a partir de agora é preciso que haja maior comunicação entre família, escola e professores, sobre todas as dificuldades e desafios que estão sendo enfrentado.
Esse período reforçou ainda mais a importância da parceria entre educadores e as famílias. O trabalho precisa ser em conjunto. A hora é de unir forças, pois são muitas perguntas e poucas certezas.
Sabendo que há uma pressão enorme em cima das escolas, pais e crianças, portanto a melhor forma de driblar esses desafios é justamente trabalhar em conjunto.
Família e escola precisam focar no aluno. Se for preciso, busque orientações profissionais, pois O mais importante neste momento é o foco no impacto que essa crise terá na saúde emocional ou no processo de aprendizagem crianças e adolescentes.

 


Valdinéia Alves Martins
Psicóloga Educacional:
CRP: 20/6234
Clinica ESI: Espaço Saúde Integrada.
Fone – 69 3442 - 2170

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE Publicações

CONTEÚDOS DIVERSOS