Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Após 38 anos de sua morte, filmes de Mazzaropi fazem sucesso na TV e inspiram competição

Fonte: AD COMUNICAÇÃO

07/02/2019 19h 33min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Após 38 anos de sua morte, filmes de Mazzaropi fazem sucesso na TV e inspiram competição

O legado que Amácio Mazzaropi construiu ao longo de sua carreira como ator e cineasta permanece vivo, mesmo após 38 anos de sua morte. Os filmes produzidos e estrelados por ele continuam fazendo grande sucesso. Na televisão aberta, por exemplo, a transmissão atinge altos índices de audiência, chegando ao quarto lugar no ranking, ultrapassando programas de importantes emissoras. Para comemorar, o Museu Mazzaropi, localizado em Taubaté, no interior de São Paulo, criou um festival inspirado nessas grandes relíquias do cinema independente.

O 1° Festival Curta Mazzaropi ocorrerá simultaneamente à Semana Mazzaropi, de 5 a 7 de abril, em comemoração aos 107 anos do intérprete do famoso personagem Jeca Tatu. A mostra competitiva de curtas-metragens está aberta a todos os brasileiros maiores de 18 anos que desejam divulgar as suas obras de até quinze minutos. O público geral pode acompanhar a programação cultural, que inclui apresentações musicais, de stand up e oficinas de cinema. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 20 de fevereiro no site https://festivalcurta.museumazzaropi.org.br/.

Na ocasião, os visitantes também podem conferir o acervo completo do Museu, que conta com mais de 20 mil itens, entre cartazes e quadros de cenas, equipamentos de cinema, imagem e som, mobiliários, adereços, acessórios, objetos cênicos, vestuários, negativos fotográficos e rolos de filme de 16 mm. Não à toa, a cada ano cresce o número de pessoas que acompanham as exposições itinerantes e os eventos. Em 2016, o espaço recebeu 13.873 visitas, em 2017 foram 14.208 visitas e em 2018 aumentou para 16.053 visitas.

Ainda, quem passa pelo espaço entende por que Mazzaropi é considerado um dos nomes mais representativos do cinema brasileiro e fonte de inspiração para os jovens cineastas. O sucesso se dá principalmente pelo fato de os filmes abordarem com criatividade temas que continuam sendo atuais, mesmo tendo à disposição um orçamento bem mais reduzido se comparado com as novas produções cinematográficas. “Mazzaropi é um dos grandes gênios do cinema nacional. Enquanto o país estiver como está, os filmes do Jeca irão atrair o público, porque retratam um Brasil puro, sério e honesto, de que todos temos saudades”, afirmou o também saudoso Grande Otelo.

Atualmente, o Museu Mazzaropi é mantido pelo Instituto Mazzaropi. Mais informações podem ser obtidas no telefone (12) 3634.3447, site www.museumazzaropi.org.br e e.mail [email protected]

 

MAIS NOTÍCIAS DE CULTURA