Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

Ano letivo inicia de forma remota e secretário da Educação cogita retorno de aula presencial em RO: 'Estamos preparados'

Fonte: DO G1 RO

22/02/2021 13h 05min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Ano letivo inicia de forma remota e secretário da Educação cogita retorno de aula presencial em RO:
Aulas da rede estadual de ensino começam nesta segunda-feira (22), de forma remota. — Foto: Unplash/Divulgação

O Governador de Rondônia, Marcos Rocha (sem partido) oficializou a abertura do ano letivo 2021 em live realizada na manhã desta segunda-feira (22). Segundo o governo do estado, "as aulas presenciais nas escolas da rede estadual permanecem suspensas, porém já podem ser feitas remotamente a partir desta segunda".

O Secretário de estado da Educação, Suamy Vivecananda, disse, durante a transmissão online desta manhã, que as escolas do estado estão preparadas para receber os alunos de forma presencial, caso haja liberação.

“Gostaria de dizer a todos, todas as comunidades educacionais de Rondônia, que estamos preparados para um retorno seguro, para ações tanto presencial, quanto remotas, de forma segura, não permitindo que ocorra alguma insegurança nas nossas escolas”, disse o secretário durante a live.

A transmissão online do ano letivo remoto apresentou falhas e, durante a fala do governador, a live foi interrompida e não houve retorno até o momento da publicação da reportagem.

Sobre o calendário escolar, que ainda não foi divulgado pela Secretaria de Estado de Educação de Rondônia (Seduc), no decreto n° 25.831, de 12 de fevereiro de 2021, o governo explica que "os ajustes necessários para o cumprimento do calendário escolar serão estabelecidos pelos órgãos competentes, após o retorno das aulas presenciais".

Nas redes sociais, o governo de Rondônia divulgou um vídeo explicando como funcionará a volta às aulas.

Creches

As creches poderão disponibilizar atendimento presencial aos filhos de profissionais vinculados às atividades essenciais e crianças com deficiência, devendo, para tanto, observar o limite de até 50% de sua capacidade.

Creches podem atender filhos de profissionais que trabalham em atividades essenciais — Foto: Divulgação/ Prefeitura de Santos

Escolas particulares

As instituições de ensino particular também devem oferecer atividades educacionais remotas para os alunos que escolherem não retornar às aulas presenciais nas instituições de ensino.

De acordo com o decreto n° 25.831, o retorno das aulas presenciais nas instituições de ensino privadas deve ocorrer de forma gradual, com o distanciamento mínimo de 120cm entre as carteiras, priorizando o retorno do pré-escolar.

Séries iniciais e finais, ensino médio, educação de jovens e adultos e o ensino superior, devem funcionar com aulas presenciais de acordo com a fase de cada município, sendo:

  • Até 30% (trinta por cento) na Fase 1;
  • Até 50% (cinquenta por cento) na Fase 2;
  • Até 70% (setenta por cento) na Fase 3.
Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE EDUCAÇÃO

CONTEÚDOS DIVERSOS