Rolim de Moura - RO
00:00
Rondônia

1º Fórum sobre prevenção da febre aftosa acontece de forma virtual

Fonte: G1 RO

14/10/2020 09h 26min

  • Compartilhe Essa notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
1º Fórum sobre prevenção da febre aftosa acontece de forma virtual

O 1º Fórum Rondoniense sobre a Prevenção da Febre Aftosa será realizado de forma online dia 20 de outubro, das 8h às 12h (hora local). O evento, do governo de Rondônia, por meio da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), é promovido para debater a nova realidade do setor com a suspensão da vacinação do rebanho no estado.
O fórum também ocorrerá em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e apoio da iniciativa privada. As inscrições devem ser feitas através da plataforma digital "Cisco Ebex" gratuitamente no link disponível aqui. As vagas são limitadas.


Segundo a Idaron, o objetivo do evento é socializar o tema e envolver o setor produtivo sobre a necessidade de adaptações dentro dessa nova realidade.
Entre os palestrantes no fórum estão Júlio César, presidente da Idaron, Márcio Alex, coordenador estadual do programa contra Febre Aftosa e doutor Diego Viali, auditor federal agropecuário do Mapa.
 

Livre da vacinação
 
Rondônia está oficialmente livre da vacina contra a febre aftosa. O motivo é a transição de zona livre da febre com vacinação para sem vacinação, do programa do Mapa com o Plano Estratégico 2017 - 2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção de Febre Aftosa (PE PNEFA).

Paraná e Santa Catarina também não vacinam mais as cabeças de gados. No PE PNEFA, Rondônia faz parte do Bloco I juntamente com o Acre e parte dos estados do Amazonas e Mato Grosso.
O estado tem cerca de 14 milhões de bovinos e bubalinos, conforme dados do Governo de Rondônia. Esse rebanho deve ser declarado em maio deste ano.
 

Quer ficar conectado com o Rolnews em seu WhatsApp?
Entre agora em nosso grupo e fique bem informado.
Clique aqui para entrar no grupo.

MAIS NOTÍCIAS DE AGRONEGÓCIO

CONTEÚDOS DIVERSOS