CERÂMICA UNIAO8º Leilão Direito de ViverROLIM NET

AGRONEGÓCIO

Rebanho bovino ultrapassa 14 milhões de cabeças em Rondônia

Postada em 26/12/2017 12:55hrs
Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

Rebanho bovino ultrapassa 14 milhões de cabeças em Rondônia

De acordo com o relatório da 43ª Etapa de Vacinação contra Febre Aftosa, ocorrida nos meses de outubro e novembro, Rondônia tem um rebanho de 14.091.378 bovinos e de 6.653 bubalinos, totalizando 14.098.031 bovídeos. 73,37% são animais de corte. 
Os municípios com os maiores rebanhos são: Porto Velho (970.515), Nova Mamoré (651.606), Jaru (543.002), Buritis (502.115), Ariquemes (477.899), Cacoal (463.671), Campo Novo (433.369), Ji-Paraná (432.660), Alta Floresta do Oeste (408.908) e Cacoal (408.904).

Os campeões em rebanho de corte são: Porto Velho (802.343), Nova Mamoré (427.906), Ariquemes (421.530), Cacoal (386.434) e Alta Floresta do Oeste (378.355). Já os maiores rebanhos de leite estão nos municípios de Nova Mamoré (223.315), Jaru (221.617), Machadinho do Oeste (197.289), Ouro Preto do Oeste (196.819) e Governador Jorge Teixeira (172.488).

Ainda segundo o relatório, o Estado atingiu 99,95% de vacinação dos animais que deveriam ser vacinados. Os municípios de Alto Paraíso, Cacaulândia, Cujubim, Governador Jorge Teixeira, Itapuã do Oeste, Ji-Paraná, Ministro Andreazza, Mirante da Serra, Nova Mamoré, Novo Horizonte do Oeste, Ouro Preto do Oeste, Parecis, São Felipe do Oeste, Seringueiras, Theobroma, Urupá e Vale do Paraíso atingiram 100% de vacinação no período.

Atualmente, Rondônia é o sexto maior rebanho bovino do país, sendo quinto em exportação de carne e o oitavo produtor de leite. Em relação à Região Norte, o Estado possui o segundo maior rebanho, ficando atrás do Pará, mas com a mais exportação de carne e produção de leite.

De janeiro a novembro, Rondônia exportou 138 mil toneladas de carne bovina, gerando US$ 511 milhões. Os maiores importadores de Rondônia são Hong Kong, Egito e Rússia, tendo totalizado no período US$ 379 milhões, em 105 mil toneladas.

Rondônia tem status de área livre de febre aftosa com vacinação desde 2003 e está em processo para a retirada da vacina a partir do segundo semestre de 2019.

SAFIRA - NOTICIA RODAPESAFIRA - NOTICIA RODAPEGAZIN