CERÂMICA UNIAOROLIM NET

POLÍTICA

Prefeitura de Rolim de Moura estuda criar lei que proíba venda de bebidas em garrafas de vidro

Postada em 11/10/2018 15:15hrs
Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

Prefeitura de Rolim de Moura estuda criar lei que proíba venda de bebidas em garrafas de vidro

Atendendo a ofício do Ministério Público em que pede providências sobre constantes reclamações de moradores das ruas Rio Madeira, Barão de Melgaço, Norte Sul com a Fortaleza e nas proximidades, em que algumas pessoas que frequentam os locais citados, elevam o volume do som de seus carros e passam a madrugada inteira perturbando o sossego das pessoas que moram na localidade.


Os moradores também relataram ao MP que a aglomeração de pessoas deixa as caçadas interditadas e ainda que o local fica cheio de lixo e garrafas quebradas.

Procurando buscar solução para o problema, o diretor de fiscalização do município, Marcelo Franskoviak em reunião nesta quinta-feira (11/10), com os representantes de estabelecimentos comerciais pertencentes ao centro da cidade, junto com os setores de fiscalizações de posturas, tributária, Meio Ambiente e Trânsito.


Durante a reunião um comerciante disse que os atos praticados por particulares, na maioria das vezes não compram nos estabelecimentos comerciais próximo e só vão ao local para praticar vandalismo. O presidente da reunião foi taxativo ao afirmar que se não houver solução para resolver principalmente a situação das garrafas quebradas em via pública, poderá ser elaborado um projeto de lei proibindo a venda de bebidas em garrafas de vidro.

Braian Kerber do “ Café Fernando Pessoa” sugeriu que seja feito uma força tarefa para conscientizar os consumidores não quebrarem mais garrafas. Em Nome do “ Empório Mix” Yuri Mesquita, sugeriu que os comerciantes se reúnam e contratem um segurança para orientação e conscientização, no local, durante um período de 60 dias, como experiência sendo que o profissional deverá chamar a polícia e redigir relatório com os devidos dados dos infratores. Ficou acordado que os estabelecimentos comerciais se comprometem em fazer o que for necessário para solucionar os problemas e que o município irá trabalhar de modo ostensivo e consciente.

SAFIRA - NOTICIA RODAPEGAZINSAFIRA - NOTICIA RODAPE