ROLIM NETCERÂMICA UNIAO

CULTURA

Jornalista de Rondônia vira 'youtuber' aos 96 anos para contar histórias do seringal, II Guerra e encontro com JK

Jornalista era proprietário de um dos jornais impressos mais antigos do Brasil, o Alto Madeira. Ele aproveita e faz reflexões sobre o jornalismo de hoje.

Postada em 15/06/2018 13:52hrs
Fonte: Do G1 RO

Jornalista de Rondônia vira 'youtuber' aos 96 anos para contar histórias do seringal, II Guerra e encontro com JK

Um idoso de 96 anos abriu um canal no Youtube para contar histórias da família, aventuras e conquistas dos quase 100 anos de vida. Entre as histórias contadas pelo jornalista Euro Tourinho, morador de Porto Velho, estão as do tempo de passagem dele pelo seringal, histórias da II Guerra Mundial e o encontro pessoal com Juscelino Kubitschek em Rondônia.

Tourinho era dono do jornal impresso Alto Madeira, que encerrou as atividades em 2017 por problemas financeiros. Para não ficar parado, o jornalista e uma das netas tiveram a ideia de criar um canal de vídeos.

Nos dois primeiros vídeos já disponíveis no canal, Euro lembra da chegada dele ao estado de Rondônia, em 1932, sua passagem pelo seringal e suas lembranças durante a Segunda Guerra Mundial, além de sua paixão pelo jornal impresso.

Em entrevista ao G1, Euro lembra que, durante o declínio da borracha após o fim da guerra, resolveu investir em um salão de sinuca ao lado do jornal.

“Quando o movimento no salão estava fraco, corria para bater papo com o pessoal do jornal. Gostava de comentar e criticar algumas coisas. Até que recebi o convite do diretor do impresso, na época, para escrever ao jornal como colunista”, lembra Euro.

Mal sabia ele que anos depois, na década de 1950, assumiria aquele que seria um dos jornais mais antigos do Brasil.

É relembrando memórias da vida e da profissão que o jornalista, junto com sua neta, agora passam adiante quase um século de conhecimento e lembranças da História de Rondônia e da própria família a novas gerações.

Grandes acontecimentos

Dentre as lembranças da profissão, Euro Tourinho destaca a vinda de Getúlio Vargas ao até então Território Federal do Guaporé, que mais tarde se tornaria o estado de Rondônia, e o momento em que esteve junto com o então Presidente da República Juscelino Kubitschek na abertura da BR 364 na cidade de Vilhena (RO) em 1970.

“Tive que tirar dinheiro de poupança para manter o jornal até os 100 anos. Não tinha graça deixar ele atuar só até os 99 anos. Não é um número legal”, pensa Euro.

Chegando na casa dos cem anos, tempo é um fator que Euro Tourinho preza bastante. Quando questionado sobre o imediatismo do jornalismo digital comparado a demora de quase um dia para a finalização de um jornal impresso, nosso entrevistado acrescenta.

“Penso que a rapidez exigida no meio digital tira a beleza de uma redação. Hoje querem sempre sair na frente. A internet é uma coisa muito dinâmica e moderna, você não vai conseguir acompanhar ela nunca. Ela é violenta. O jornalismo estará todo mecanizado daqui a alguns anos”, prevê Euro.

Ainda pouco familiarizado com a tecnologia, a neta, Euma Tourinho, afirma que o avô não tem dimensão do que está produzindo.

“Se usarmos palavras como 'youtuber' estamos falando alemão com ele. Se nos referimos ao canal no YouTube lembramos a ele que estamos tratando sobre os vídeos que gravamos aqui em casa todo sábado”, explica Euma.

Em entrevista, a neta também explicou o motivo para abrir o canal. “Resolvi criar o canal para conhecer mais da história do meu avô e da minha família que, de certo modo, se confunde com a História de Rondônia, pela trajetória do meu avô que é o mais longevo jornalista em atividade no país que conheço”, afirma Euma Tourinho.

Mas memória é algo que Euro Tourinho não abre mão. Ele confirma que foram mais de 28 mil edições do jornal Alto Madeira ao longo de um século.

Segundo ele, o jornal cumpriu um importante papel na história e memória rondoniense. O jornal, como impresso, teve suas atividades encerradas em 2017.

“Agora minha neta apresentou essa ideia, essa nova plataforma em que eu posso continuar a contar histórias. Acho que tudo chega no tempo certo”, diz Euro.

Lançamento de livro

No próximo sábado (16), acontece em Porto Velho o lançamento do livro "Cem anos do Alto Madeira (Paixão 100 limites), de Euro Tourinho e Silvio Persilvio, contando a história de um dos jornais mais antigos do país. O evento acontece às 19h30 na Casa de Cultura Ivan Marrocos, localizada na avenida Rogério Weber, área central da capital.

Outras Fotos
Jornalista de Rondônia vira 'youtuber' aos 96 anos para contar histórias do seringal, II Guerra e encontro com JK
Jornalista de Rondônia vira 'youtuber' aos 96 anos para contar histórias do seringal, II Guerra e encontro com JK
SAFIRA - NOTICIA RODAPESAFIRA - NOTICIA RODAPEGAZIN