Direitos da Vitima

AGRONEGÓCIO

Feira de Peixe da Amazônia deve atrair 10 mil pessoas em Ji-Paraná no mês de outubro

Postada em 27/09/2017 09:14hrs
Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

Feira de Peixe da Amazônia deve atrair 10 mil pessoas em Ji-Paraná no mês de outubro

Organizada com o apoio do Governo de Rondônia, Ji-Paraná sedia, nos dias 26, 27 e 28 de outubro, no Espaço Partenon, sua 1ª Feira Nacional de Peixe da Amazônia (Fenapam), que vai reunir produtores, comerciantes e expositores, em torno de uma programação que incluiu palestras com especialistas e um show de gastronomia exclusivo com peixes da Amazônia.

De acordo com a coordenadora com Grupo Técnico da Piscicultura e assessora da Superintendência de Desenvolvimento do Estado (Suder), Ilse Oliveira, a feira tem a marca da iniciativa privada de Rondônia, responsável por toda organização, com o apoio do Governo do Estado, que no último dia (28) realiza a rodada de negócio, de promoção comercial, no âmbito da Fenapam, com investimento de R$ 120 mil, custeado pela Superintendência de Desenvolvimento.

Dirigida ao segmento da produção e comercialização, a feira visa diretamente fomentar este novo ramo e tendência do agronegócio, promovendo o peixe da Amazônia e melhorando a tecnologia de produção, de modo a atrair investidores para estimular a economia do Estado, reforçada por uma campanha de incentivo ao consumo e ao comércio de peixes na região. A justificativa, segundo a organização, tem a feira como mais uma oportunidade para divulgar o pescado da Amazônia, aproximando o produtor do fornecedor de tecnologia, buscando novos mercados e estimulando a industrialização do peixe da Amazônia.

Sem querer ser pequeno, o evento tem dimensão nacional e espera contar com aproximadamente dez mil pessoas que participarão de palestras, rodadas de negócios e visitas aos estandes, devidamente montados para mostrar e demonstrar todo o processo que envolve a cadeia produtiva da piscicultura, a começar pela produção de alevinos até a industrialização do pescado.

Neste ponto, o evento quer apresentar Rondônia como o maior produtor de peixe em cativeiro do País, com uma estimativa de produção de nada menos de 104 mil toneladas nesta safra (2017), querendo chegar a um milhão de toneladas em 2018, a depender dos investimentos da China em Rondônia. A afirmação foi feita nesta manhã de terça-feira (26) por Ilse Oliveira a um grupo de empresários chineses em visita ao Palácio Rio Madeira. Ela falou da potencialidade produtiva de Rondônia e dos investimentos que estão sendo realizados em toda a cadeia produtiva do pescado.

De acordo com organização da feira, o evento é aberto a todo segmento envolvido com a cadeia do peixe e ao público em geral. As inscrições podem ser feitas online página da Fenapam (www.fenapam.com) e, ainda, no Espaço Partenon durante o evento.

SAFIRA - NOTICIA RODAPEGAZINCERAMICA UNIAOSAFIRA - NOTICIA RODAPEEscritório Brasil 2