CERÂMICA UNIÃO

POLÍTICA

Deputada Marinha Raupp passa a integrar o Parlasul

Postada em 18/12/2017 16:10hrs
Fonte: Da Assessoria para o Rolnews

Deputada Marinha Raupp passa a integrar o Parlasul

Na última segunda-feira (11) a deputada federal Marinha Raupp tomou posse como membro da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul — Parlasul, durante a 52º Sessão Ordinária, no Edifício Mercosul, em Montevidéu, capital da Uruguai.

"Quero contribuir para a integração entre os países e o desenvolvimento dos povos, em especial o Brasil e o Estado de Rondônia. Acredito que este bloco é um importante movimento de união dos povos sul-americanos e nossa missão aqui é ajudar a promover o desenvolvimento socioeconômico da região, por meio da integração política, educacional e cultural", enfatizou a parlamentar.

O Parlamento do Mercosul reúne parlamentares da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai com objetivo de legislar sobre matéria de interesse comum à integração regional. O processo de aprovação das decisões ocorre em plenário, semelhante a Câmara dos Deputados e ao Senado, em Brasília. Também existem comissões temáticas de áreas de interesse comum. São dez comissões permanentes.

 

Marinha Raupp já chegou ao Parlamento do Mercosul mostrando sua marca de trabalho. Na comissão de Infraestrutura, Transportes, Recursos Energéticos, Agricultura, Pecuária e Pesca apresentou requerimento para que a Comissão possa acompanhar visita técnica de representantes da Bolívia, em Guajará-Mirim, na área em que será construída a ponte binacional entre Brasil/Bolívia - Guajará-Mirim/Guayaramerin. A deputada também colocou-se à disposição para contribuir com as questões logísticas, com ênfase em ações para promover a integração física dos povos, na análise e debates sobre rodovias, pontes e hidrovias.

Já na comissão de Desenvolvimento Regional Sustentável; Ordenamento Territorial, Habitação; Saúde, Meio Ambiente e Turismo, Marinha propôs a realização de um seminário regional com o Acre, Rondônia e Mato Grosso, com vistas a exaltar as potencialidades, contemplar as características turísticas e integrar as culturas com os países fronteiriços – Paraguai e Bolívia.

Tratando especificamente da Bolívia, a deputada Marinha Raupp tem feito um intenso trabalho para que o país possa integrar o Parlasul como "estado parte", considerando ser o Brasil seu principal parceiro econômico e o estado de Rondônia apresentar franco desenvolvimento para o comercial bilateral com os municípios fronteiriços.

"Na Câmara Federal fizemos um esforço para aprovar com brevidade o texto do Protocolo de Adesão do Estado Plurinacional da Bolívia ao Mercosul — PDC 745/2017, já deliberado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e que agora segue em regime de urgência para a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. Tão logo seja aprovada, a matéria vai ao plenário", explicou a deputada. A aprovação significa o Brasil reconhecer a Bolívia como membro efetivo do referido parlamento.

A representação Brasileira no Parlasul tem como presidente deputado Celso Russomano. A 52ª Sessão Ordinária foi a última presidida pelo deputado Arlindo Chinaglia, atual presidente da mesa diretora do Parlasul. Quem assume em janeiro é o atual vice, Tomás Bitar, parlamentar do Uruguai. A próxima reunião é em maio de 2018.

SAFIRA - NOTICIA RODAPEEscritório Brasil 2GAZINCERAMICA UNIAOSAFIRA - NOTICIA RODAPE